quarta-feira, 30 de maio de 2007

A imortalidade

O que faz de um clube imortal? Queria entender isso e até agora ninguém conseguiu me explicar esse termo que só os gremistas, no alto de sua paixão clubística, usam com tanta frequência e orgulho.

Todos os feitos do GFBPA são admiráveis (A Batalha dos Aflitos que o diga), principalmente os últimos. Mas o que faz dele diferente de outras equipes do Brasil, por exemplo?

Seria o Vasco da Gama uma equipe imortal também? Aquela épica virada em cima do Palmeiras na final da Copa Mercosul de 2000 tem o mesmo sabor do que eliminar o Defensor em uma quarta-de-final de Libertadores.

Seria o SPFC uma equipe imortal? Dizer que o time não suou sangue naquela batalha contra o Rosário Central, na Libertadores de 2004 soa como uma ofensa.

Seria o Corinthians imortal? E aquele gol do Ricardinho em cima do Santos, na semifinal do Campeonato Paulista de 2001, faltando dez segundos para o término da partida, não seria um sinal de imortalidade?

A imortalidade é algo que todo time tem condições de alcançar, seja ele da elite do futebol de seu país, seja da várzea. E que esse termo, de fato, nada mais é que orgulho e amor de sobra da metade azul do Rio Grande. Imortalidade ou sorte? Veremos até onde o Grêmio chega...

2 comentários:

Lielson disse...

Concordo que todos os times possam ser "imortais".

Mas acho que a questão do Grêmio é mais cultural. No hino gremista há a frase "és imortal tricolor". Logo, v. imagina o povo gaúcho, o mais orgulhoso da terra Tupiniquim, com uma frase dessas?

Outro que é "imortal" é o Cruzeiro. "Temos páginas heróicas imortais". O mineiro também é apaixonado pelo Estado de MG, mas nem se compara com os gaúchos.

Todos os times são imortais dentro do coração de cada torcedor...
ABS

Thiago Soares disse...

Imortais? Até essa fase da Libertadores...hehe

Deixando a zuação de lado,acredito que isso se deva ao grande patriotismo que os gauchos tem com o Rio Grande do Sul, mas sim, concordo que está havendo um grande exagero em relação ao Grêmio. Olhando para a escalação do time gaucho, dá pra acreditar q é mais sorte.
Abraço!